Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, quarta 23 de maio 2018
Midia Kit
Cidades - Juara

"Bela do Crime" é condenada por matar patrões e debochar no Facebook

Conforme os autos, o crime ocorreu em 13 de outubro de 2015.

Aline Macedo planejou o crime

O juiz Alexandre Sócrates Mendes, da Segunda Vara Criminal de Juara, condenou Aline Maria Leonardo de Macedo, 21 anos, conhecida como a "bela do crime", em 46 anos e seis meses de prisão em regime fechado. Ela é uma das autoras do latrocínio (roubo seguido de morte) que resultou na execução de Claudemilson Ferreira, 41 anos, e Alessandra da Silva Schefer, 24 anos.

Conforme os autos, o crime ocorreu em 13 de outubro de 2015. A jovem praticou o crime junto com outros dois menores. Os adolescentes queriam dinheiro e escolheram o alvo Claudemilson porque a acusada já tinha trabalhado no estabelecimento comercial da vítima e conhecia de sua rotina. Ela também sabia que Claudemilson tinha uma caminhonete modelo S10 e queria roubá-la.

Na data do crime, os adolescentes e Aline foram para a casa do casal e esperaram que eles retornassem para o imóvel. Eles ficaram escondidos no quintal e quando as vítimas chegaram foram rendidas pelo trio que estava armado. As vítimas foram levadas para o quarto onde foram amarradas com uma corda e tiveram as cabeças cobertas.

Os criminosos reviraram a casa e roubaram um perfume feminino e R$ 60.

Com fronhas nas cabeças amarrados, os criminosos colocaram as vítimas no veículo e todos seguiram de Juara em direção a Juína. A certa altura do trajeto, após passar a ponte do Rio Arinos, o menor que estava dirigindo entrou em uma estrada vicinal, parou o veículo mandando que o casal saísse.

A vítima Claudemilson conseguiu se soltar das amarras durante o caminho e reagiu contra o menor, que estava armado, segurando. Sem sucesso em desarmar o adolescente o homem foi morto com disparos que o atingiram na cabeça e na costela.

Já Alessandra foi morta com três tiros, um deles disparado em seu pescoço a curta distância. A ação dos bandidos não ofereceu possibilidade de defesa para a vítima que estava amarrada e encapuzada.

Após as execuções, o trio fugiu e no percurso acabou capotando o veículo, que foi abandonado no local do acidente e os criminosos seguiram fuga de carona. A jovem contou em seu depoimento que o menor matou as vítimas porque o homem viu seu rosto e a reconheceu.

Os corpos das vítimas foram encontrados no dia 14 de outubro daquele ano, em um córrego a cerca de 8 km do centro de Juara. E Aline se entregou à polícia no dia 6 de novembro e desde então está detida na Cadeia Feminina de Nortelândia. Os dois menores, de 13 e 14 anos, foram apreendidos no mesmo mês.

“Em que pese a acusada não ter puxado o gatilho, sua participação nos latrocínios foi bem mais importante do que efetuar os disparos. De maneira fria e calculista a acusada escolheu seu antigo patrão para ser a vítima, escolhendo e indicando aos menores infratores quem seria a vítima de um assalto, a hora, local e como agiriam”, narra o juiz.

Em sua decisão o magistrado ressalta que não resta dúvida quanto a autoria do crime imputado à jovem. Pesam contra ela os crimes de corrupção de menores e latrocínio,

“Procedo ao cúmulo material das penas fixadas para ambos os crimes, e em relação a ambas as vítimas, fixando a pena definitiva em 46 (quarenta e seis) anos e 6 (seis) meses de reclusão, no regime fechado, e a pena de 360 (trezentos e sessenta) dias multa, no valor de um trigésimo do maior salário mínimo vigente à época dos fatos”, é a sentença contra a jovem.

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

José Medeiros discursa sobre a saída de Tiririca da política

OPINIÃO

Sigilo entre advogado e cliente é lei e deve ser respeitado
Este é o nosso primeiro artigo deste ano. Portanto, quero desejar-lhes um feliz 2018, de muita paz e...
Como você avalia os prós e contras de suas decisões?
Jordano foi promovido e saiu da tranquilidade do interior, onde morava, e hoje ocupa um super aparta...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Netflix
Netflix pode distribuir internacionalmente ficção científica estrelada por Natalie Portman

TECNOLOGIA

Internet
Centenas de perfis falsos teriam tentado influenciar eleições no Brasil

ESTADO

Renegociação - de - Dívida
Governo se reúne com Banco Mundial e tratativas avançam
Benedito - Figueiredo
Secid vai rescindir contrato com empresa responsável por obra em ponte