Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, terça 16 de janeiro 2018
Midia Kit
Estado - Operação - Carne - Fraca

“Dos 4 mil frigoríficos, 0,3% são alvos da PF e nenhum em MT”

Governador Pedro Taques saiu em defesa da carne produzida no Estado e lamentou generalização

O governador Pedro Taques, que saiu em defesa da carne produzida no Estado

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou, neste domingo (19), que o Estado tem trabalhado para garantir a qualidade da carne de Mato Grosso. O chefe do Executivo disse apoiar toda a investigação da operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal na sexta-feira (17).

Taques lembrou que nenhum frigorífico de Mato Grosso está envolvido e lamenta a generalização.

"Dos mais de quatro mil frigoríficos que nós temos no Brasil, 0,3% estão envolvidos na investigação e nenhum desses é do Estado de Mato Grosso. O que mostra o trabalho que nós viemos trazendo para defesa sanitária animal e também vegetal", declarou o governador.

Ele frisou que em setembro de 2016 o estado se tornou livre da peste suína clássica, o que foi reconhecido por premiação em Paris. O resultado foi obtido após Mato Grosso conseguir vacinar seu rebanho bovino de 30 milhões de cabeças.

"Graças ao trabalho dos secretários Guilherme Nolasco (Indea) e Ricardo Tomczyk (Sedec), tivemos o fortalecimento da defesa sanitária. Na semana que vem, teremos a entrega de mais 30 veículos para o Indea", destacou Taques.

Na avaliação do Executivo Estadual, a operação nacional pode, em curto espaço, prejudicar o mercado de venda da carne do estado, mas garantiu que este impacto será amenizado por Mato Grosso ser o único estado brasileiro a ter um Instituto da Carne reconhecido mundialmente.

"O Instituto Mato-Grossense da Carne (IMAC) é o sexto a ser criado no mundo, ele trata da rastreabilidade, da certificação do nosso gado bovino. Não é por acaso que o Carrefour, uma grande rede de supermercado, vai comprar carne de Mato Grosso", afirmou Taques.

Está prevista para esta segunda-feira (20) uma reunião, no Palácio Paiaguás, entre o governador Pedro Taques, o secretário de Estado de Desenvolvimento, Ricardo Tomczyk, e o presidente do Imac, Wagner Bacchi, para receber os representantes de toda cadeia produtiva e discutir a repercussão da operação carne fraca.

Diante das consequências desta operação, o governador vê a necessidade de um esclarecimento ao consumidor. "Nós temos que dizer ao cidadão consumidor que é preciso ficar atento, mas não caia em informação desencontrada. O nosso gado é de boa procedência, os nossos frigoríficos estão fora desta lista e vamos continuar conquistando mercados e dando qualidade e segurança", garantiu.

Operação Carne Fraca

Deflagrada na sexta-feira pela Polícia Federal , a Carne Fraca investiga fraudes em carnes produzidas por 21 frigoríficos, vendidas no Brasil e no exterior.

Segundo a PF, fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recebiam propina para liberar licenças sem realizar a fiscalização adequada nos frigoríficos.

A investigação indica que eram utilizadas substâncias químicas para maquiar a carne vencida, e que água era injetada nos produtos para aumentar o peso.

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

José Medeiros discursa sobre a saída de Tiririca da política

OPINIÃO

Sigilo entre advogado e cliente é lei e deve ser respeitado
Este é o nosso primeiro artigo deste ano. Portanto, quero desejar-lhes um feliz 2018, de muita paz e...
Como você avalia os prós e contras de suas decisões?
Jordano foi promovido e saiu da tranquilidade do interior, onde morava, e hoje ocupa um super aparta...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Netflix
Netflix pode distribuir internacionalmente ficção científica estrelada por Natalie Portman

TECNOLOGIA

Internet
Centenas de perfis falsos teriam tentado influenciar eleições no Brasil

ESTADO

Renegociação - de - Dívida
Governo se reúne com Banco Mundial e tratativas avançam
Benedito - Figueiredo
Secid vai rescindir contrato com empresa responsável por obra em ponte