Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, sexta 15 de dezembro 2017
Midia Kit
Esporte - Brasileirão

Ex-auxiliar inglês de Ceni dá detalhes da crise do SP e detona Leco

Se tiver a oportunidade de voltar a trabalhar no São Paulo no futuro, em outra gestão, volto sem pensar

Rogério Ceni e Michael Beale durante a pré-temporada nos Estados Unidos

"Se tiver a oportunidade de voltar a trabalhar no São Paulo no futuro, em outra gestão, volto sem pensar". A frase do inglês Michael Beale, ex-auxiliar de Rogério Ceni, resume bem o balanço que ele faz da experiência que teve no Morumbi. Mas atente-se para a ênfase de Beale à conjuntura que o faria retornar ao Tricolor: outra administração. Entenda-se presidente Carlos Augusto de Barro e Silva e seus aliados fora do clube.

O ex-braço direito do Ceni versão técnico conversou com o UOL Esporte em Liverpool, na Inglaterra, para onde retornou após pedir demissão do São Paulo, no fim de junho, quatro dias antes de ver o treinador ser mandado embora com o time afundado na zona rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Na entrevista a seguir, Beale detona o comando do presidente Leco e suas "decisões amadoras", sobretudo na debandada de jogadores, conta bastidores inéditos da crise tricolor e revela o real motivo por que decidiu abortar o projeto desafiador no futebol brasileiro.

Experiência no Brasil foi "fantástica"
Foi uma experiência fantástica de futebol, um motivo de orgulho para a minha família, especialmente quando os meus filhos olharem para trás.Sinto saudades das pessoas, dos jogadores. Fiz amizade com diversos atletas, principalmente os mais jovens. Sinto falta da amizade com o Rogério, eu era muito próximo do Pintado também.

Frustração com desmanche determinou saída
Não via planejamento e rumo do clube. No começo da temporada, tínhamos um time jovem, com energia e fome de vitória. E perdemos vários desses atletas com ambição e de energia brilhante para o time. No ano anterior, o São Paulo tinha sido décimo no Campeonato Brasileiro, então não era um time maravilhoso. Claramente tínhamos de reforçar a equipe. Então eu via jogadores saindo, e os que chegavam não era necessariamente aquilo que precisávamos. Eu não queria ser um problema, porque sou uma pessoa positiva. A direção que o clube estava tomando não era a que eu queria.

Problemas com passaporte. SP não soube ajudar
Quando saí, disseram coisas sobre a minha família não ter se adaptado. A verdade é que houve um erro em relação ao visto que iria fazê-los voltar para a Inglaterra e não poder retornar ao Brasil até fevereiro de 2018. Viajei para Foz do Iguaçu por causa do visto, e minha família tinha de ter me acompanhado para dar andamento no processo. Não fui orientado por ninguém. Só fui avisado que eu tinha de viajar, e o visto da minha família foi feito por uma empresa indicada pelo clube. Pelo erro, a minha família teve de ir embora do Brasil. Só poderiam ficar no Brasil 180 dias por ano como estrangeiros, e depois dos primeiros 90 dias teria de ser feito o pedido de ampliação. Esse tipo de erro não pode acontecer em um clube da grandeza e da história do São Paulo. Não quero dizer que as pessoas não eram prestativas, só não sabiam o que fazer. Tive a ajuda de três pessoas no clube: Alexandre Pássaro (advogado), Rogério e Charles (Hembert, supervisor francês). Os três eu já conhecia antes de ir para o São Paulo.

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

José Medeiros discursa sobre a saída de Tiririca da política

OPINIÃO

Crescer exige mudanças
Muitas vezes ouço as pessoas dizerem, eu odeio mudanças. Na verdade as pessoas odeiam que as cois...
Todo grupo é mais forte que o indivíduo.
Não é raro ouvir questionamentos como: Qual a importância de ser representado por um sindicato? ou Q...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Netflix
Netflix pode distribuir internacionalmente ficção científica estrelada por Natalie Portman

TECNOLOGIA

Internet
Centenas de perfis falsos teriam tentado influenciar eleições no Brasil

ESTADO

Renegociação - de - Dívida
Governo se reúne com Banco Mundial e tratativas avançam
Benedito - Figueiredo
Secid vai rescindir contrato com empresa responsável por obra em ponte