Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, terça 25 de abril 2017
Midia Kit, Clique aqui para receber as principais notícias
Cidades - Colniza

Governo: idosos e crianças podem ter sido mortos em chacina

A região, que é de difícil acesso, possui um histórico de disputa por terra

A Polícia Civil está na região investigando a denúncia de chacina

Uma equipe formada por aproximadamente 20 policiais civis e militares se deslocou na tarde desta quinta-feira (20) para investigar a denúncia de que uma chacina teria ocorrido na Gleba Taquaruçu do Norte, na zona rural do Município de Colniza (1.055 km de Cuiabá). Haveria idosos e crianças entre as vítimas.

O Governo do Estado confirmou ter recebido a informação de que houve a matança, que teria ocorrido na manhã desta quinta-feira (20).

De acordo com informações preliminares, existe a suspeita de que a chacina possa ter vitimado entre seis e dez pessoas. Porém, oficialmente não há a confirmação de nenhum morto.

A Polícia Civil pediu reforço de um helicóptero, carros e barcos para chegar à região. Mas acredita-se que os policiais só devam estar no local à noite ou no amanhecer de sexta-feira (21), por causa da dificuldade de acesso.

A região onde teria acontecido a chacina fica a 250 quilômetros da sede do Município de Colniza.

O helicóptero Águia Uno ainda está em Juína (735 Km de Cuiabá) e não decolou para Colniza em razão do mau tempo. A distância entre Colniza e Juína é de cerca de 224 quilômetros em linha reta.

Segundo a Polícia Civil, a denúncia partiu de um homem que trabalha na travessia de barcas da região. Policiais dos distritos de Guatá e Guariba entraram em contato com os de Colniza relatando o fato.

A principal suspeita da Polícia Civil sobre a motivação da chacina aponta para conflitos agrários e contratação de pistoleiros, uma vez que a região já tem registro de problemas de disputa de terra.

Nota

Em nota enviada nesta tarde, o Governo do Estado afirmou que "informações preliminares" apontam para a ação de "pessoas encapuzadas", que "teriam assassinado adultos, idosos e crianças".

“As equipes especializadas da Polícia Militar e da Polícia Civil já foram mobilizadas e colocadas de prontidão para ir até Colniza. Aeronaves estão preparadas no hangar do Ciopaer para decolar até Colniza, contudo, o mau tempo não permitiu o voo ainda. Mas assim que tiver possibilidade, os policiais vão embarcar”, disse o secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas.

Taquaruçu do Norte fica em uma área de conflito, em que cerca de cem famílias estão abrigadas. Há informações preliminares, que ainda carecem de confirmação, de que um grupo denominado de “Encapuzados” faz a segurança de fazendeiros da região.

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

Delegado de Guarantã do Norte fala sobre o jogo baleia azul.

OPINIÃO

Resiliência é palavra-chave para o futuro da segurança
Resiliência é a capacidade de voltar ao estado natural depois de ter sofrido alguma ação crítica, a ...
IPTU. Quem deve pagar a conta: locador ou locatário?
O Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana, popularmente conhecido como IPTU, é um t...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Transtorno - Alimentar
Brad Pitt pode estar sofrendo de transtorno alimentar, diz revista

TECNOLOGIA

Spotify
Spotify agora tem 'meia-entrada' no plano Premium para universitários

ESTADO

Publicidade
Campanha vai popularizar papel da ALMT na vida do cidadão
VLT
Folha de S. Paulo aponta que VLT cuiabano irá dobrar de preço