Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, segunda 18 de dezembro 2017
Midia Kit
Matupá - Fórum

Justiça condena chacareiro de Matupá a prisão e multa por lotear área pública

Além da sentença de 1 ano e 8 meses de reclusão ficou determinada multa de 17 salários mínimos

A Procuradoria Geral Municipal, o Ministério Público Estadual e o Poder Judiciário de Matupá estão fechando o cerco contra as pessoas que estão cometendo crime de grilagem ou invasão de áreas públicas, as denominadas Zonas de Preservação.

Prova disso foi a abertura de inquérito policial investigativo e de ação criminal contra o chacareiro, Miguel Afonso de Oliveira, que foi condenado pela Justiça a quase dois anos de reclusão e o pagamento de 17 salários mínimos.
Ele foi denunciado por invadir uma área de domínio público municipal na região do Setor Industrial, a chamada Zona de Preservação 14. Ficou comprovado nos autos a pratica ilegal de subdivisão da área e a venda de muitos lotes de forma clandestina e ilícita, ludibriando as pessoas com a falsa promessa de uma possível titularização, causando conflitos, prejuízos financeiros, ambientais, sociais e ao patrimônio público do município de Matupá.

Está em fase de investigação policial a invasão e parcelamento de outras áreas de preservação e pertencentes ao patrimônio público municipal, localizadas na Avenida Interpeninsular (Chácara Imperial) ocupada pelo Sr. Mauro Bueno e também na Linha da Polícia Militar e Linha do Antigo Aeroporto as margens da rodovia BR-163.

A Procuradoria Geral de Matupá que exerce a missão de guardião das Leis municipais e o Ministério Público Estadual que tem a atribuição constitucional de proteger o meio ambiente e o patrimônio público, continuarão trabalhando juntos para coibir e impedir situações de grilagem, loteamentos clandestinos, atuação de especuladores imobiliários, as ocupações irregulares que infringem a legislação ambiental, incitam os conflitos agrários, causam graves problemas sociais e demais atos prejudiciais ao patrimônio público, a ordem jurídica e a segurança administrativa institucional.

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

José Medeiros discursa sobre a saída de Tiririca da política

OPINIÃO

Crescer exige mudanças
Muitas vezes ouço as pessoas dizerem, eu odeio mudanças. Na verdade as pessoas odeiam que as cois...
Todo grupo é mais forte que o indivíduo.
Não é raro ouvir questionamentos como: Qual a importância de ser representado por um sindicato? ou Q...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Netflix
Netflix pode distribuir internacionalmente ficção científica estrelada por Natalie Portman

TECNOLOGIA

Internet
Centenas de perfis falsos teriam tentado influenciar eleições no Brasil

ESTADO

Renegociação - de - Dívida
Governo se reúne com Banco Mundial e tratativas avançam
Benedito - Figueiredo
Secid vai rescindir contrato com empresa responsável por obra em ponte