Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, terça 27 de junho 2017
Midia Kit, Clique aqui para receber as principais notícias
Estado - Pornografia - Infantil

PF faz operação em MT contra a pornografia infantil

Mato Grosso está sofrendo mais uma operação da Polícia Federal.

Agora é contra a pornografia infantil na internet. Além de Mato Grosso, outros 17 estados estão na mira da PF na Operação Cabrera, que tem como objetivo reprimir o compartilhamento e a posse de imagens e vídeos de crianças que seriam usadas por pedófilos.

Mato Grosso está sofrendo mais uma operação da Polícia Federal. Agora é contra a pornografia infantil na internet. Além de Mato Grosso, outros 17 estados estão na mira da PF na Operação Cabrera, que tem como objetivo reprimir o compartilhamento e a posse de imagens e vídeos de crianças que seriam usadas por pedófilos.

Cerca de 370 policiais cumprem 93 mandados de busca e apreensão, além de duas prisões preventivas e uma condução coercitiva, em 18 Estados (AC, AM, AP, BA, CE, GO, MG, MT, MS, PA, PE, PR, RJ, RO, RS, SC, SP) e no Distrito Federal.

Segundo as primeiras informações da Polícia Federal em Cuiabá a Operação reuniu informações e alvos de investigações de várias unidades do Brasil, não diretamente relacionadas entre si, mas que tratam da disseminação transnacional de pornografia infantil, por meio de redes sociais, e-mail e aplicativos de mensagens e vídeo.

A Operação unificada e coordenada pela Unidade de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil da Polícia Federal – URCOP ocorre no “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

O nome da operação presta homenagem a Araceli Cabrera Sánchez Crespo, uma menina brasileira de 8 anos que foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada em 18 de maio de 1973, crime que até hoje permanece impune. Posteriormente, a data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de posse, compartilhamento de arquivos de pornografia infantil, com penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente e no Código penal Brasileiro que variam de 1 a 6 anos de reclusão.

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

"Centro-Oeste carrega o Brasil nas costas, sem contrapartidas"

OPINIÃO

Vencendo as diferenças
O dia 25 de junho marca a adoção pela ONU (Organização das Nações Unidas) da Declaração e Programa d...
Quem tem ideal não envelhece
Achei, nos meus alfarrábios, texto que publiquei, em 3 de maio de 1987, na Folha de S. Paulo, dedica...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Cinema
Diretor de A Múmia afirma: "Fiz o filme para o público, não para os críticos"

TECNOLOGIA

Google - for - Jobs
O sistema de buscas da Google pode ajudar a encontrar seu próximo emprego

ESTADO

Saúde
Governador critica deputados que são contra repasse de R$ 82 milhões para Saúde
Simcar
Produtores de Mato Grosso têm 90 dias para fazer adequações no novo sistema de CAR