Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, segunda 18 de dezembro 2017
Midia Kit
Cidades - Confresa

Polícia Civil prende integrante de bando que invadiu fazenda em Confresa

O suspeito conhecido por “Kila”, teve a ordem de prisão preventiva cumprida

A Polícia Judiciária Civil cumpriu mandado de prisão contra um dos integrantes do bando que invadiu e manteve em cárcere privado o caseiro de uma fazenda, em Confresa, (1.160 km a Nordeste).

O suspeito, Jesus Landerson Ferreira Moreira, 30 anos, conhecido por “Kila”, teve a ordem de prisão preventiva cumprida em ação de policiais civis de Confresa e Porto Alegre do Norte, realizada na terça-feira (16).

O suspeito é mais um integrante da quadrilha que na data no dia 10 de março de 2017, invadiu uma fazenda no município. Portando armas de fogo, os criminosos mantiveram o caseiro em cárcere privado.

Na ocasião, foram formadas equipes policiais, que imediatamente se deslocaram até a fazenda. Ao chegarem, os policiais foram recebidos a tiros. Houve troca de tiros, felizmente, ninguém saiu ferido. Os policiais conseguiram resgatar o caseiro.

As investigações iniciaram para identificar os invasores. Após aproximadamente um mês, os policiais identificaram quem seriam os líderes da invasão. Diante dos levantamentos realizados pela equipe de investigadores e da identificação dos líderes, o delegado Confresa, André Rigonato, representou pela prisão preventiva dos suspeitos, sendo acatada e expedida pela Comarca de Porto Alegre do Norte.

“A Polícia Civil descobriu que suspeito estava residindo na cidade de Porto Alegre do Norte. A informação foi compartimentada com os policiais daquele município, culminando nessa prisão”, disse o delegado. “As investigações continuam para coibir de forma integrada esse tipo de crime na região, dando resposta a altura contra os autores”, completou Rigonato.

O preso foi encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte.

Outros integrantes presos

Outros dois homens acusados de liderar a invasão de terra em Confresa (1.160 km a Nordeste) foram presos pela Polícia Judiciaria Civil, no dia 5 de abril, no município. Os suspeitos, Materson Pereira Corrêa, 38, conhecido como “Neném”, e Fábio Ribeiro da Silva, 34, conhecido como “Zóinho”, tiveram mandados de prisão preventiva, decretados pela Comarca de Porto Alegro do Norte (1.125 km a Nordeste ).

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

José Medeiros discursa sobre a saída de Tiririca da política

OPINIÃO

Crescer exige mudanças
Muitas vezes ouço as pessoas dizerem, eu odeio mudanças. Na verdade as pessoas odeiam que as cois...
Todo grupo é mais forte que o indivíduo.
Não é raro ouvir questionamentos como: Qual a importância de ser representado por um sindicato? ou Q...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Netflix
Netflix pode distribuir internacionalmente ficção científica estrelada por Natalie Portman

TECNOLOGIA

Internet
Centenas de perfis falsos teriam tentado influenciar eleições no Brasil

ESTADO

Renegociação - de - Dívida
Governo se reúne com Banco Mundial e tratativas avançam
Benedito - Figueiredo
Secid vai rescindir contrato com empresa responsável por obra em ponte