Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, segunda 18 de dezembro 2017
Midia Kit
Saúde e Bem Estar - Reprodutor - Feminino

Tuba uterina obstruída é uma das principais causas de infertilidade

Doenças que atingem as tubas são responsáveis por cerca de 25 a 30% dos casos de infertilidade feminina

O sistema reprodutor feminino é incrível. São diversos órgãos e células trabalhando juntos para que se possa conceber uma vida. Porém, alguns problemas ginecológicos podem dificultar ou até mesmo impossibilitar a gravidez. Uma das causas mais comuns de infertilidade está relacionada à obstrução das tubas uterinas. Quando elas estão obstruídas, impedem o encontro do óvulo com o espermatozoide, inviabilizando a gravidez.

Quais são as causas?
De acordo com o cirurgião ginecológico Dr. Edvaldo Cavalcante, patologias tubárias são responsáveis por 25 a 30% das causas de infertilidade feminina e de 10 a 25% desses casos apresentam obstrução na região da tuba, próxima ao útero. “Diversos motivos podem levar à obstrução das tubas uterinas, entre eles a doença inflamatória pélvica, cirurgia pélvica ou tubária prévia, aderências, endometriose, salpingite ístmica nodosa e tuberculose genital”, explica o médico.

Principais sintomas e diagnóstico
Muitas mulheres que não conseguem engravidar nunca irão imaginar que a obstrução das tubas uterinas seja o motivo, já que dificilmente há sintomas associados a essa condição. “Por isso, quando há o diagnóstico de infertilidade é preciso investigar as tubas uterinas por meio do exame denominado histerossalpingografia”, diz Dr. Edvaldo.

Recanalização tubária é o principal tratamento
A boa notícia é que a maioria dos casos de tubas obstruídas pode ser tratada, oferecendo à mulher a chance de engravidar pelo método natural de concepção.

“Ao longo dos anos, as técnicas cirúrgicas foram se aprimorando e hoje graças à radiologia intervencionista é possível realizar a recanalização tubária por meio da Radioscopia ou ainda pela Histeroscopia. Esse procedimento apresenta melhor resultado e menos riscos em comparação a outras cirurgias para desbloqueio das tubas. Ela é indicada quando a histerossalpingografia mostra que a obstrução está próxima da saída do útero”, comenta o médico.

O cirurgião explica que a Recanalização Tubária é feita por meio da radioscopia, em ambiente hospitalar com anestesia, sem a necessidade de qualquer incisão abdominal. Através da vagina, o médico insere um pequeno tubo (cateter) para dentro da cavidade uterina. Por dentro deste cateter, insere-se um fio flexível (fio guia) com espessura aproximada de 1mm de diâmetro que chegará até as tubas uterinas, alcançando o ponto em que há o bloqueio.

O segmento ocluído é suavemente manipulado através deste fio flexível e o bloqueio é removido. Também, é feita uma rápida injeção de contraste que ajuda a eliminar ou expulsar qualquer detrito, se presente; além de contrastar toda a tuba para comprovar a desobstrução.

“As chances de sucesso dependem do tipo de obstrução que a paciente apresenta. Nos casos em que a obstrução se encontra logo próximo da saída do útero, a recanalização é bem sucedida em cerca de 90% das pacientes. Em alguns casos o tratamento deve ser realizado em conjunto com a videolaparoscopia”, finaliza Dr. Edvaldo.

Atenção! O site "Realidade MT" não se responsabiliza por calúnias, injúrias, linguajar inapropriado, preconceituoso ou quaisquer afirmações de natureza ofensiva que venham a ser veiculadas nesse espaço, sendo que essa responsabilidade recai inteiramente sobre o usuário que se utilizar deste espaço democrático e livre de forma inadequada.

VÍDEOS

José Medeiros discursa sobre a saída de Tiririca da política

OPINIÃO

Crescer exige mudanças
Muitas vezes ouço as pessoas dizerem, eu odeio mudanças. Na verdade as pessoas odeiam que as cois...
Todo grupo é mais forte que o indivíduo.
Não é raro ouvir questionamentos como: Qual a importância de ser representado por um sindicato? ou Q...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Netflix
Netflix pode distribuir internacionalmente ficção científica estrelada por Natalie Portman

TECNOLOGIA

Internet
Centenas de perfis falsos teriam tentado influenciar eleições no Brasil

ESTADO

Renegociação - de - Dívida
Governo se reúne com Banco Mundial e tratativas avançam
Benedito - Figueiredo
Secid vai rescindir contrato com empresa responsável por obra em ponte