Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, segunda 18 de dezembro 2017
Midia Kit

CUT e MST são sindicatos ou facções


Os empregados brasileiro mal celebraram a derrubada da lei do governo federal aonde eram obrigados a pagarem a contribuição sindicais, que enriqueceu a CUT Central Única Dos Trabalhadores, vai impor outra lei, só que bem mais onerada, proposta pelo governo Temer.

É preciso que os senhores Deputados e Senadores que estão do lado dos trabalhadores, rejeitem tal lei e obriguem os sindicatos a normas a ser imposta e itens.

Todos nos sabemos que o Brasil tem a absurda soma de mais de 16 mil sindicatos arrecadando do suor dos trabalhadores 3,5 bilhões de reais aonde a maioria não concorda em pagar.

Se houver outra contribuição imposta, teriam que ser reduzir em 90% a quantidade de sindicatos, desonerando a cobrança significativamente do trabalhador.

Para que a lei permita a ser cobrada de todos os trabalhadores, deverá ter uma adesão de concordância em 50% mais um. Ou então devera, ser contribuição voluntaria.

Pelo que se sabe os Sindicatos não tem obrigação de prestarem contas ao fisco federal e nem aos associados, o que no caso seria um absurdo, pois são bilhões que os mesmo manobram,

A CUT Central Única dos Trabalhadores é uma farsa sindical, que atua sim, descaradamente como uma facção a serviço do PT onde chegam ao cumulo de prometerem irem as ruas armados em defesa das chefias petistas, ou diga-se, Lula, Dilma e seus comparsas, gastando verdadeiras fortunas do dinheiro dos trabalhadores, que são simpáticos as mais diversas siglas políticas partidárias e abominam estes atos, que levam milhares e milhares de pessoas pagar, para prestigiarem o PT, em atos públicos e se não bastasse, com bandeiras vermelha numa afronta pro comunismo. Essas bandeiras deverão serem proibidas.

Os comandantes destes sindicatos, devem ser proibidos de fazerem políticas partidárias e seus dirigentes serem filiados a quaisquer partido, pois alem de serem sustentados por assim dizer, pelo dinheiro públicos, seus associados são simpatizantes aos demais partidos políticos, e ai se torna uma controvérsia aos sindicalizados, que pagam a conta.

O MST, Movimento dos sem Terras, que deixa de ser uma nobre entidade, por ser sustentados pelo dinheiro publico e fugirem de suas funções, que também esta todos estes anos a serviço do PT, Lula e Dilma, onde aparecem em atos públicos dando total e irrestrito apoio, gastando milhões e milhões de reais, que daria para terem comprado uma vastidão de terras. O que também não da para entender, o por que o MST nestes 11 anos dando suporte político com o PT no poder, não assentaram este povo "sem terra". Se não bastasse também usam bandeiras vermelhas numa alusão ao comunismo, cujas bandeiras são pagos com o dinheiro publico. Também devem serem proibidas. Para atos públicos descentes temos a bandeira do Brasil.

Contando com o apoio dos senhores Deputados, Senadores, como também com o presidente Temer antecipadamente se agradece.

Guarantã Do Norte - MT 10/10/2017

Por: Antônio Benito Signor.

(66)3552-1169

(66)99639-2440 Vivo

(66)98112-6364 TIM.

Email: antonio.b.signor@hotmail.com

VÍDEOS

José Medeiros discursa sobre a saída de Tiririca da política

OPINIÃO

Crescer exige mudanças
Muitas vezes ouço as pessoas dizerem, eu odeio mudanças. Na verdade as pessoas odeiam que as cois...
Todo grupo é mais forte que o indivíduo.
Não é raro ouvir questionamentos como: Qual a importância de ser representado por um sindicato? ou Q...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Netflix
Netflix pode distribuir internacionalmente ficção científica estrelada por Natalie Portman

TECNOLOGIA

Internet
Centenas de perfis falsos teriam tentado influenciar eleições no Brasil

ESTADO

Renegociação - de - Dívida
Governo se reúne com Banco Mundial e tratativas avançam
Benedito - Figueiredo
Secid vai rescindir contrato com empresa responsável por obra em ponte