Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, Peixoto de Azevedo/MT, quarta 18 de outubro 2017
Midia Kit

CUT e MST são sindicatos ou facções


Os empregados brasileiro mal celebraram a derrubada da lei do governo federal aonde eram obrigados a pagarem a contribuição sindicais, que enriqueceu a CUT Central Única Dos Trabalhadores, vai impor outra lei, só que bem mais onerada, proposta pelo governo Temer.

É preciso que os senhores Deputados e Senadores que estão do lado dos trabalhadores, rejeitem tal lei e obriguem os sindicatos a normas a ser imposta e itens.

Todos nos sabemos que o Brasil tem a absurda soma de mais de 16 mil sindicatos arrecadando do suor dos trabalhadores 3,5 bilhões de reais aonde a maioria não concorda em pagar.

Se houver outra contribuição imposta, teriam que ser reduzir em 90% a quantidade de sindicatos, desonerando a cobrança significativamente do trabalhador.

Para que a lei permita a ser cobrada de todos os trabalhadores, deverá ter uma adesão de concordância em 50% mais um. Ou então devera, ser contribuição voluntaria.

Pelo que se sabe os Sindicatos não tem obrigação de prestarem contas ao fisco federal e nem aos associados, o que no caso seria um absurdo, pois são bilhões que os mesmo manobram,

A CUT Central Única dos Trabalhadores é uma farsa sindical, que atua sim, descaradamente como uma facção a serviço do PT onde chegam ao cumulo de prometerem irem as ruas armados em defesa das chefias petistas, ou diga-se, Lula, Dilma e seus comparsas, gastando verdadeiras fortunas do dinheiro dos trabalhadores, que são simpáticos as mais diversas siglas políticas partidárias e abominam estes atos, que levam milhares e milhares de pessoas pagar, para prestigiarem o PT, em atos públicos e se não bastasse, com bandeiras vermelha numa afronta pro comunismo. Essas bandeiras deverão serem proibidas.

Os comandantes destes sindicatos, devem ser proibidos de fazerem políticas partidárias e seus dirigentes serem filiados a quaisquer partido, pois alem de serem sustentados por assim dizer, pelo dinheiro públicos, seus associados são simpatizantes aos demais partidos políticos, e ai se torna uma controvérsia aos sindicalizados, que pagam a conta.

O MST, Movimento dos sem Terras, que deixa de ser uma nobre entidade, por ser sustentados pelo dinheiro publico e fugirem de suas funções, que também esta todos estes anos a serviço do PT, Lula e Dilma, onde aparecem em atos públicos dando total e irrestrito apoio, gastando milhões e milhões de reais, que daria para terem comprado uma vastidão de terras. O que também não da para entender, o por que o MST nestes 11 anos dando suporte político com o PT no poder, não assentaram este povo "sem terra". Se não bastasse também usam bandeiras vermelhas numa alusão ao comunismo, cujas bandeiras são pagos com o dinheiro publico. Também devem serem proibidas. Para atos públicos descentes temos a bandeira do Brasil.

Contando com o apoio dos senhores Deputados, Senadores, como também com o presidente Temer antecipadamente se agradece.

Guarantã Do Norte - MT 10/10/2017

Por: Antônio Benito Signor.

(66)3552-1169

(66)99639-2440 Vivo

(66)98112-6364 TIM.

Email: antonio.b.signor@hotmail.com

VÍDEOS

Goleiro de time da Indonésia morre após se chocar com brasileiro

OPINIÃO

As crianças e a Mãe de Jesus
Em 12 de outubro, no Brasil, homenageamos Maria Santíssima, Mãe Universal da Humanidade, e as crianç...
CUT e MST são sindicatos ou facções
Os empregados brasileiro mal celebraram a derrubada da lei do governo federal aonde eram obrigados a...
ver mais

ENTRENENIMENTO

The - Traitor
Novo filme de Marco Bellocchio será rodado no Brasil

TECNOLOGIA

PornHub
Hackers distribuem malware no PornHub

ESTADO

Concurso
Polícia apura supostas falhas em concurso para delegado de MT e manda envelopes com provas para perícia
Pró - Estradas
Sinfra divulga datas das audiências em Alta Floresta, Alto Araguaia e Tangará da Serra