Bem-vindo ao site do Norte de Mato Grosso, terça 27 de junho 2017
Midia Kit, Clique aqui para receber as principais notícias

Mediação: ferramenta de promoção da paz social


É sabido que o estado de Mato Grosso é um dos mais violentos em conflitos envolvendo a disputa por terras no Brasil. Esta triste realidade se dá por uma series de fatores, entre os quais a burocracia estatal que é sem dúvida o maior desafio a ser sanado pelas autoridades.

Em uma sociedade onde o diálogo é quase nenhum e a individualidade se sobrepõe ao coletivo, os diferentes iniciam uma verdadeira batalha campal armada na defesa de seus interesses. E neste contexto, a promoção da paz é uma alternativa para trazer um pouco de harmonia a esse povo.

Um dos objetivos da Câmara Setorial Temática de Mediação de Conflitos Agrários e Regularização Fundiária Rural e Urbana da AL/MT é promover a cultura de paz social através da formação de mediadores especializados em conflitos fundiários. Profissionais que terão como missão difundir a cultura da tolerância e respeito ao próximo.

A mediação é um meio pacífico e amigável de resolução e boa administração de conflitos que se baseia no diálogo e na solidariedade humana. Por meio dela, as próprias partes chamam para si a responsabilidade do problema vivido e tentam resolve-lo por meio do diálogo. Conta com o auxílio do mediador, terceiro imparcial e capacitado que facilita o diálogo entre os envolvidos no litígio.

A valorização das pessoas é de suma importância , uma vez que são elas as principais peças responsáveis pela resolução da divergência. Neste sentido, o ganha-ganha, outro aspecto relevante da mediação, ocorre porque se tenta chegar a um acordo benéfico para todos os envolvidos.

O conflito, normalmente, é compreendido como algo negativo, que coloca as partes umas contra as outras. Porém, a mediação tenta mostrar que as divergências são naturais e necessárias, pois possibilitam o crescimento e as mudanças. Neste sentido, negativo é a má-administração do conflito.

A mediação possibilita a discussão do conflito real proporcionando o restabelecimento do diálogo entre as partes. E esse conflito real pode, enfim, ser trabalhado e dirimido.

Por Elvis Klauk Jr, advogado e Presidente da Câmara Setorial Temática de Mediação de Conflitos Agrários e Regularização Fundiária Rural e Urbana da AL/MT.

VÍDEOS

"Centro-Oeste carrega o Brasil nas costas, sem contrapartidas"

OPINIÃO

Vencendo as diferenças
O dia 25 de junho marca a adoção pela ONU (Organização das Nações Unidas) da Declaração e Programa d...
Quem tem ideal não envelhece
Achei, nos meus alfarrábios, texto que publiquei, em 3 de maio de 1987, na Folha de S. Paulo, dedica...
ver mais

ENTRENENIMENTO

Cinema
Diretor de A Múmia afirma: "Fiz o filme para o público, não para os críticos"

TECNOLOGIA

Google - for - Jobs
O sistema de buscas da Google pode ajudar a encontrar seu próximo emprego

ESTADO

Saúde
Governador critica deputados que são contra repasse de R$ 82 milhões para Saúde
Simcar
Produtores de Mato Grosso têm 90 dias para fazer adequações no novo sistema de CAR